Sim, eu me chamo Breiller

Para contar minha história, antes eu tenho que começar pela história do meu pai. Ele veio do interior, roça brava dessas Minas Gerais. Homem de hábitos simples, nunca teve grandes pretensões na vida.

pai_eu 

Só queria ter um filho famoso. Queria também um carro Volks, montar o próprio negócio e vir morar na cidade. Mas nada que o fizesse tirar da cabeça a idéia do filho prodígio. Então, veio o primeiro. Logo eu…

Minha mãe, ao saber da gravidez, já foi logo pensando em vários nomes. Isso pra não pensar no casamento, que deveria ser marcado às pressas.

Família mineira, tradicional, sabe? Não cairia bem um filho concebido sem a benção do sagrado matrimônio. E depois disso tudo eu nasci.

O pai já havia descartado todos os nomes sugeridos pela mãe. Tratava-se do seu filho famoso. Sabia ele que um nome qualquer não convinha. Resolveu inventar um. “Breiller”, com dois “L’s”, assim ficou.

Ele não revela referências bibliográficas nem detalhes do processo criativo. Garante, no entanto, que foi ele quem inventou.

Não fiquei famoso. Sou apenas o “Bêra”, para o vô, ou o “Juninho”, para a Maria aqui do bairro. Desiludidos, desistiram de tentar a pronúncia correta do meu nome.

Eu sou o Breiller. E, modéstia à parte, não hesito em dizer que outro Breiller não há.

4 Respostas to “Sim, eu me chamo Breiller”

  1. Bruno Silva Says:

    Caro Breiller… hehe
    Seu nome é interessante, rapá. Só falta ficar famoso. Talento você tem. Só falta usar pra coisas que dão dinheiro. hahaha

    Aquele abraço!
    Brunão.
    http://ladobdoscassete.blogspot.com

  2. Oi de novo, mundo! « Breiller Blog Says:

    […] No profile, o porquê do meu nome: B-R-E-I-L-L-E-R. […]

  3. Dalmir Francisco Says:

    Querido Breiller, meu colega jornalista.
    Você escreve bem demais. Que talento para resumir e dizer tudo.
    Como está a vida de jornalista?
    Estou ficando com o mesmo medo do Enderson – você ser raptado pelo marketing. Mas, leve o seu talento para onde você puder ganhar mais dinheiro e lastrear seus sonhos. Um abração.
    Do amigo, Dalmir Francisco

  4. marisa Says:

    Heeeeeeeeeee primao só tio Vaninho, pra inventar um nome desse msmo,
    mas nossa familia odora inventa. akele abraço saudades de ti. bjao primo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: